Texto Bíblico: Mateus 24:45-51

INTRODUÇÃO

Falaremos sobre a diferença entre o servo genuíno e o hipócrita, segundo a ótica de Jesus.

O Servo Genuíno.

  1. 1.      Antes de Fazer, Valoriza o Ser

“Quem é, pois, o servo fiel e prudente…” – Mateus 24:45 

O servo genuíno é servo por natureza e não por aparência. O Senhor pergunta: “Quem é?”, antes de perguntar “O que faz?”. Se alguém quer ser um servo fiel precisa primeiro passar pela experiência de novo nascimento. Depois disso, continuar recebendo com alegria a Palavra de Deus sempre desejando que o caráter de servo, vivido por Cristo, seja moldado em seu ser (Tiago 1:21).

  1. 2.      Vive Consciente de Sua Missão

“…que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?” – Mateus 24:45

Como servo ele sabe que não veio para ser servido, mas para servir. Sua função é a de ministrar sustento à casa de seu senhor, no devido tempo. A casa a ser servida é o mundo, necessitado tanto do alimento espiritual quanto do material. Feliz o servo que percebe os dois tipos de necessidades e trabalha para supri-las da melhor forma possível, além de cuidar para fazer isso no seu devido tempo.

  1. 3.      Persevera no Seu Posto Até o Senhor Voltar

“Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.” – Mateus 24:46

 O servo genuíno se esmera para vencer os embaraços do caminho, a fim de conquistar o seu troféu, servindo até o seu Senhor voltar. As seduções do mundo, o comodismo, o amor ao dinheiro e tantas outras pedras, se colocam como cilada no caminho de muitos. Mas o prudente saberá se desvencilhar de todas elas e alcançar seu objetivo.

  1. 4.      Será Recompensado Por Sua Fidelidade 

“Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.” – Mateus 24:47 

Haverá uma recompensa futura para os que servem com fidelidade neste tempo presente. Não somente os galardões a serem recebidos no céu (I Co.3:8, Ap. 22:12), mas também as posições de autoridade no seu reino (Lucas 19:17). Lutemos para alcançá-las!

O Servo Hipócrita

1. Profere Palavras aos Homens Diferentes das que Diz no Coração

“Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá…” – Mt. 24:48 

O servo hipócrita nunca teve a sua natureza mudada. Sua vida espiritual é somente fachada. Sua profissão de fé é diferente do que realmente crê no coração. Mais cedo ou mais tarde seus atos vão revelar o que se encontra em seu interior (Mateus 23:25).

2. Não Ama a Quem Deveria Cuidar

“…E começar a espancar os seus conservos…” – Mateus 24:49

 Por acreditar que o seu senhor não virá logo, então começa a maltratar a quem deveria servir. Maltrata porque a sua natureza é má, ainda dominada pelo ódio e pelas velhas coisas do homem não nascido de novo (I João 2:9).

3. Prova em Seus Atos Ser Amante dos Prazeres

“…e a comer e a beber com os ébrios…” – Mateus 24:49

O servo hipócrita, em vez de amar a quem seu senhor ama, na verdade só ama a si mesmo, procurando viver sempre em função de seus próprios prazeres. Ele não segue o exemplo de Jesus que revelou o seguinte: “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou (João 6:38)”.

4. Na Volta de Seu Senhor Será Julgado Por Sua Hipocrisia

“E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.” – Mateus 24:51

 Uma vida de hipocrisia terá como galardão a sua parte com os hipócritas. Veja que essa pessoa não estará sendo julgada por qualquer falha relacionada ao seu trabalho como servo. Não! Será julgada por ter vivido uma vida de aparências sem genuína conversão. O trabalho mal feito foi apenas uma conseqüência natural de uma vida vazia e sem Deus.

CONCLUSÃO

Vivamos uma vida autêntica, com sinceridade e livres de todas as máscaras.

Wilson Maia