RESPOSTAS PARA OS GRANDES PROBLEMAS DA VIDA

 RICK WARREN

  Como vencer o desânimo? Lição 6 – Parte 1

 

Compartilhe: De que projetos, desafios, trabalhos (ou estudo) você desanimou durante a realização e acabou desistindo de prosseguir? O que acha que faltou para poder continuar?

 

INTRODUÇÃO

 

- O que você pode fazer quando tem a doença mais mortal do mundo?

- Não é câncer, não é AIDS. É o desânimo.

- Por que o desânimo é uma doença tão terrível?

- Primeiro, por­que é universal. Todos nós ficamos desanimados.

- Segundo, porque é recorrente. Você pode ficar desa­nimado muitas vezes.

- Terceiro, porque é altamente contagioso.

- A boa notícia, entretanto, é que o desânimo também é curável.

- A história da vida de Neemias (Ne 4) ilustra quatro causas e três curas para o desânimo.

- Neemias era líder de um grupo de judeus que havia retornado da Babilônia para Israel para reconstruir os muros de Jerusalém.

- Logo que começa­ram a trabalhar no muro, todos tinham muito fervor e zelo e esta­vam muito empolgados com o projeto.

- Contudo, depois de traba­lharem por um certo tempo, desanimaram.

- O capítulo 4 de Neemias mostra por que as pessoas ficam de­sanimadas e como podem superar esse desânimo — mostra o que fazer quando se tem vontade de desistir.

- Nesse meio tempo fo­mos reconstruindo o muro, até que em toda sua extensão chega­mos à metade da sua altura, pois o povo estava totalmente dedi­cado ao trabalho (4.6).

- Os versículos de 10 a 12 continuam: Enquanto isso, o povo de Judá começou a dizer: “Os trabalhado­res já não têm mais forças e ainda há muito entulho. Por nós mesmos não conseguiremos reconstruir o muro”. E os nossos ini­migos diziam: “Antes que descubram qualquer coisa ou nos ve­jam, estaremos bem ali no meio deles; vamos matá-los e acabar com o trabalho deles”. Os judeus que moravam perto deles dez vezes nos preveniram: “Para onde quer que vocês se virarem, sai­bam que seremos atacados de todos os lados.”

- O que fazer para superar o desânimo quando se tem vontade de desistir?

SIMPLESMENTE CANSADOS

- Por que as pessoas ficam desanimadas? A primeira causa é a fadi­ga.

- As pessoas de Judá diziam: Os trabalhadores já não têm mais forças. Em outras palavras, eles haviam trabalhado por um longo tempo e estavam fisicamente exaustos. Estavam simplesmente can­sados — física e emocionalmente esgotados.

- Às vezes, as pessoas pensam erro­neamente que seu desânimo é um problema espiritual.

- Mas o verdadeiro problema é que elas estão simplesmente esgotadas. Aquelas pessoas precisam somente de um pouco de descanso, de relaxamento e de renovação.

- Às vezes, a coisa mais espiritual que você pode fazer é simplesmente ir para a cama e relaxar ou, então, dar-se ao luxo de tirar duas semanas de férias.

- Em que momento ficamos fatigados e desanimados?

- Observe o versículo 6: Nesse meio tempo fomos reconstruindo o muro, até que em toda sua extensão chegamos à metade da sua altura.

- Você sabe quando está mais propenso a ficar desanimado?

- Quan­do está na metade de um projeto.

- No início todos trabalharam duro, porque o projeto era uma novidade.

- Depois de um tempo, a novidade passou e o traba­lho tornou-se cansativo. A vida se acomoda num costume, de­pois vem a rotina e, então, o ritual.

- É por isso que tantas pessoas raramente terminam alguma coisa.

- Você já começou a organizar algo muito bagunçado? Pintar um quarto? Como foi no começo? E quando estava na metade?

VENCENDO A FRUSTRAÇÃO

- Há uma segunda razão pela qual as pessoas ficam desanimadas.

- O povo disse: Ainda há muito entulho. Por nós mesmos não con­seguiremos reconstruir o muro (v. 10).

- Isso se chama frustração.

- O que é entulho? Eles estavam construindo um muro novo, mas as pedras velhas e que­bradas estavam por todo lugar, junto com sujeira e argamassa seca. Quando olharam para o entulho e os escombros, ficaram desanimados. Perderam o alvo de vista porque havia tanta sujei­ra que não sabiam como chegar ao que realmente interessava para eles.

- Sempre que você estiver realizando um projeto, algum lixo vai acumular-se, e isso pode ser algo muito frustrante.

- Você já reformou um cômodo ou construiu uma casa?

- De repente você percebe que há montes de pedra e areia por todo lugar. Ou, en­tão, você pinta um quarto e percebe que o lugar que menos tem tinta é a parede! O lixo parece multiplicar-se. Você não pode impedir que as quinquilharias apareçam na sua vida, mas você pode aprender a reconhecê-las e pode aprender o que fazer com elas para que essas coisas não o desviem de seu plano original.

- O que são as quinquilharias em sua vida?

- São as coisas triviais, que gastam seu tempo, consomem sua energia, trazem frustração.

- É tudo aquilo que o impede de tornar-se tudo o que você quer ser, que o impede de fazer as coisas que realmente são mais im­portantes em sua vida.

- As quinquilharias da vida são aquelas coisas que surgem no caminho, as interrupções que o impedem de alcançar seus objetivos. Essas são as coisas das quais nos deve­mos livrar em nosso viver.

FAÇA DA DERROTA ALGO TEMPORÁRIO

- A terceira razão pela qual as pessoas ficam desencorajadas tam­bém está presente no versículo 10: Por nós mesmos não conse­guiremos reconstruir o muro.

- Você sabe o que eles estavam di­zendo? Não podemos fazer isso. E impossível. E tolice tentar. Nós desistimos.

- A terceira causa do desânimo é o fracasso.

- O povo não conseguiu terminar sua tarefa tão rápido quanto tinha pla­nejado e, como resultado, sua confiança foi por água abaixo.

- Eles perderam o vigor e ficaram desanimados.

- Como você trata o fracasso na sua vida? Você sente autocomiseração? Você diz: “Ah, pobre de mim. Eu não consigo terminar isto”? Você começa a reclamar: “É impossível. Não pode ser feito. Fui um tolo ao tentar. É burrice.”?

- Ou você culpa os outros? “Todos me abandonaram. Não fize­ram sua parte do trabalho.”

- A diferença entre vencedores e per­dedores está em que os vencedores sempre veem a derrota como um revés temporário.

PARALISADO PELO MEDO?

- Há uma quarta razão que leva as pessoas ao desânimo.

- Os aju­dantes de Neemias expressaram-na desta forma: Os nossos ini­migos diziam: Antes que descubram qualquer coisa ou nos ve­jam, estaremos bem ali no meio deles; vamos matá-los e acabar com o trabalho deles (v. 11).

- Na terra de Israel havia pessoas que não queriam que o muro fosse construído: eram os inimigos dos judeus.

- Um muro ao redor da cidade representava segurança e defesa e, por isso, os inimigos não queriam que o muro fosse terminado.

- Assim, primeiro eles criticaram os judeus, depois os ridicularizaram e, por fim, os ameaçaram.

- Então os construtores ficaram desanimados. Por quê?

- Por causa do quarto fator que leva ao desâ­nimo: o medo.

- Observe quem ficou desanimado. Foram “os judeus que moravam perto” do inimigo (v. 12).

- Logo em seguida eles desanimaram outros dizendo: Para onde quer que vocês se vira­rem, saibam que seremos atacados de todos os lados.

- Quando você fica junto de uma pessoa negativa por algum tempo, já sabe o que acontece.

- Você também fica negativo. Se você ouvir uma pes­soa sempre a dizer não pode ser feito, começará a acreditar nela.

- Você tem medos que o estão desanimando neste exato momento — medos que o estão impedindo de crescer e de se desenvolver?

- Você tem medo de ser criticado e humilhado?

- Você tem medo de se aventurar num novo emprego?

- Talvez você receie não estar capacitado para alguma tarefa. Pode ser que você tema não con­seguir aguentar a pressão.

- Quem sabe você pense que precisa ser perfeito. O medo sempre leva ao desânimo.

- Quais atitudes demonstram que seu desânimo é causado pelo medo?

- Você tem uma vontade muito forte de sair correndo: Te­nho de sair deste lugar!

- Você tem um desejo intenso de escapar das pressões e das exigências da vida.

- A reação natural ao medo sempre é a de correr.

- Na vida há apenas três formas de você rea­gir a alguma coisa: contra ela, com raiva; fugir dela, com medo, ou andar com ela, em amor.

- Neemias foi um líder sábio e um homem de Deus ao lidar com a situação.

- Ele sabia o que estava desanimando as pessoas e, por isso, tomou as ações corretas para corrigir o problema.

- Podemos perceber que o desânimo não tem apenas uma causa, ou é algo vago. Ele tem uma origem.

- Como vimos neste estudo, pode vir pelo cansaço, pela frustração, pelo fracasso ou pelo medo.

- Tudo isso vem para nos paralisar.

- Você está passando por alguma dessas situações? Compartilhe e ore a respeito.

- Qual é o antídoto contra esse terrível mal que é o desânimo?

- Há três princípios que vão ajudá-lo quando você desejar desistir.

- Na próxima semana veremos as ações corretas para corrigir o problema.