Desafios da Vida Cristã

Lição 15 – Passos de Coragem: Moisés

“Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha do Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado;” Hb. 11:24-25.

 Moisés tornou-se um grande líder dos Hebreus, como profeta e legislador.

Para chegar a esta posição, enfrentou grandes desafios. Sua vida foi poupada por uma grande estratégia traçada por sua família, e sustentada por Deus. Todos os recém nascidos dos Hebreus estavam condenados à morte, mas Moisés, através deste plano foi adotado pela filha do Faraó (Êx. 2:1-10). Isto salvou sua vida.

Criado dentro do palácio do Faraó, Moisés poderia ter se conformado com este tipo de vida. Já adulto, ele percebeu como era passageira a riqueza e o prestígio que a condição de Príncipe do Egito lhe proporcionava (Hb. 11:24-25). Podemos perceber claramente, como o coração de Moisés foi preservado dos enganos que as riquezas do mundo nos mostram, quando abriu mão do seu lugar no palácio.

Naquela época, como hoje, é muito fácil sermos enganados pelos benefícios temporários da riqueza, da popularidade, das conquistas e da posição social. Isto nos leva a uma cegueira com relação às promessas de longo prazo contidas nas escrituras, que nos diz que reinaremos com Jesus em um tempo, mas não sabemos quando esta época vai chegar (Mq. 4:1-7).

Como Moisés, precisamos de fé para conseguir enxergar além do sistema de valores deste mundo, e ver os benefícios dos valores eternos do Reino de Deus. Tudo o que é temporário um dia acaba, mas, o que é eterno prevalece.

Moisés entendeu que precisava enfrentar e abandonar o seu passado, devia lutar contra as prisões do seu interior. Ele precisou desenvolver hábitos de obediência a Deus. Moisés precisou passar de uma pessoa de temperamento explosivo (Êx. 2:11-12), para um homem obediente a Deus e de grande mansidão (Nm. 12:3).

Deus não mudou Moisés. Deus trabalhou com as características dele, até que elas se ajustassem aos Seus propósitos.

É isto que Deus quer fazer conosco. Transformar o nosso caráter, mas preservar as características com que Ele nos fez. Somos um grande projeto de Deus.

Hoje quando você conversar com Deus, esta deve ser a sua pergunta:

“Senhor, como devo usar as minhas habilidades para fazer sempre a tua vontade?”

Pr. Geraldo Lazzarini Junior