DESAFIOS DA VIDA CRISTÃ
Lição 5 – Não Murmure

 “Fazei tudo sem murmurações nem contendas.” (Filipenses 2:14)

 Numa análise mais detalhada da carta que o apostolo Paulo escreve à igreja de Filipos (Fp 1:1), concluímos que ele passava por uma fase muito complicada na sua vida, tanto pessoal, quanto ministerial. Paulo estava preso (Fp 1:13-14); não sabia se seria posto em liberdade ou condenado a morte (Fp 1:20-24, 2:17); pessoas tentavam ocupar o seu lugar dentro da missão da igreja apenas por projetos pessoais, e não por causa de Cristo (Fp 1:15-18). Apesar de todas as situações adversas pela qual ele passava, em nenhum momento o vemos reclamando ou murmurando, nem com as pessoas, muito menos com Deus. Antes, as suas palavras são sempre positivas, com explicitas demonstrações de uma fé inabalável. Ele se alegra, apesar das adversidades (Fp 1:18, 2:1-2); agradece por servir a Cristo, apesar das lutas (Fp 1:16,18); não perde a esperança, apesar de não visualizar um escape para aquela situação (Fp 1:25). No versículo inicial (Fp 2:14) Paulo nos exorta a termos sempre estas atitudes, estas reações. Podemos não estar em uma prisão (sem liberdade de ir e vir) hoje, mas muitas vezes passamos por situações que nos desanimam: momentos de indecisão, responsabilidades financeiras, conflitos familiares ou na igreja, perda do trabalho, perda de um ente querido, perseguições, doenças. A maneira como reagimos a estas situações reflete a nossa fé. Precisamos procurar formas, como Paulo, de demonstrar a nossa fé mesmo nas situações mais adversas. Não podemos nos deixar abater. Com estas atitudes, mesmo que as situações não melhorem, a nossa fé será fortalecida. Os nossos pensamentos precisam ser totalmente voltados para Deus e não para as circunstâncias. As dificuldades que estão no nosso interior precisam ser colocadas na cruz de Cristo, que levou sobre si os nossos pecados, as nossas maldições (Isaias 53:4-5). Isto não pode refletir em murmurações ou contendas. Não podemos descarregar nas pessoas ou em Deus as nossas frustrações. Não murmure, nem provoque contendas.

Que esta seja a nossa oração: Senhor Deus da minha vida, que tudo sabe, que tudo vê; poderoso para transformar qualquer situação ruim em que me encontro. Dê-me sabedoria e fé para lutar contra o desanimo, contra todas as adversidades. Estou certo que em ti, serei vitorioso. Agradecido sou, sempre, no nome glorioso do Senhor Jesus Cristo, amém!

Pr. Geraldo Lazzarini Jr