DESAFIOS DA VIDA CRISTÃ
Lição 8 – Deserto: Pode ser lugar de aflição, mas também de grande livramento!

 “Tendo Faraó deixado ir o povo, Deus não o levou pelo caminho da terra dos filisteus, posto que mais perto, pois disse: Para que, porventura, o povo não se arrependa, vendo a guerra, e torne ao Egito. Porém Deus fez o povo rodear pelo caminho do deserto perto do mar Vermelho; e, arregimentados, subiram os filhos de Israel do Egito”. Êx. 13:17-18.

Depois que a mão de Deus pesou sobre o Egito, finalmente Faraó deixou o povo de Israel partir para a liberdade (Êx. 13:17a). Deus os guiava pelo melhor caminho, livrando-os de possíveis confrontos com outros inimigos (Êx. 13:17).

Nem sempre o melhor caminho pode nos livrar de enfrentarmos dificuldades. O povo, guiado por Moisés, passou por um deserto próximo ao mar Vermelho (Êx. 13:18). Deserto nos lembra um lugar muito quente, com escassez de alguns elementos essenciais para a nossa sobrevivência (água, comida, etc.).  Nesta empreitada, a falta destes elementos não foi o principal problema enfrentado pelos israelenses. Logo depois de deixa-los ir, Faraó se arrependeu, e enviou um grande exército para persegui-los (Êx. 14:5,9). Os israelenses, vendo que o exército de Faraó vinha na direção deles, foram tomados de um grande medo, de uma grande aflição (Êx. 14:10), e logo começaram a murmurar (Êx. 14:11-12). Como seria a nossa reação numa situação dessas? O povo estava acampado à beira do mar Vermelho (Êx. 14:1), com montanhas dos dois lados, e a única área de escape que eles podiam visualizar, estava com os soldados de Faraó. Como reagiríamos?

Precisamos entender que Deus é muito maior do que qualquer problema ou aflição que possamos estar enfrentando! Não existe deserto que possa travar o livramento de Deus. Podemos sofrer, mas sempre haverá um saída (Jo 16:33). Quando estamos com o Pai, nunca vai faltar direcionamento, proteção e livramento (Êx. 13:21-22, 14:13-14). A nossa fé (Hb. 11:1) e a nossa vida através da Palavra (Tiago 1:21,25), fazem com que o coração de Deus se mova na nossa direção e Ele atenda as nossas súplicas (Salmo 107:28). Como Moisés, precisamos ter uma certeza: apesar do deserto pelo qual estamos passando, maior é o poder de Deus que se manifesta (Êx. 14:13-14). Esta certeza precisa nos levar a um passo importante: sempre fazer a nossa parte para enfrentar os problemas. Deus pode abrir o mar, mas precisamos tocar nas águas (Êx. 14:21). Quando enfrentamos os problemas, deixando de lado a murmuração, Deus traz o livramento de forma sobrenatural (Êx. 14:15-16, 14:21-30).

Se o deserto pode trazer aflição, com Deus ele se torna um lugar de grande livramento.

Jesus Cristo, o nosso Salvador e Referencial, veio nos trazer um novo modelo de vida, novos pensamentos, novas atitudes.

Ele mesmo nos diz:

 “eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”(Jo 10:10b).