RESPOSTAS PARA OS GRANDES PROBLEMAS DA VIDA

 RICK WARREN

COMO POSSO MUDAR MINHA VIDA?  Lição 9 – Parte 2

Já estudamos três etapas que Deus usa para começar a nos transformar: a crise, o compromisso e a confissão. Hoje vamos ver mais uma etapa para sermos transformados por Deus: a etapa da cooperação. Em seguida, abordaremos dois aspectos que nos servirão de ajuda para que possamos mudar as nossas vidas.

Vamos reler Gn 32: 24-30.

Cooperação

- A quarta etapa para sermos transformados por Deus é a da coope­ração.

- Deus começou a trabalhar na vida de Jacó assim que este admitiu quem era e decidiu a cooperar com o plano de Deus.

- Jacó chamou aquele lugar “Peniel”, que significa “a face de Deus” (v. 30). Jacó esteve face a face com Deus.

- Cada um de nós deve, por fim, encontrar-se com Deus face a face e, quando fizermos isso, Deus pode-nos transformar.

- Deus disse a Jacó: “Agora pode­mos conversar. Quero que você descanse. Apenas coopere e con­fie em mim, pois eu farei as mudanças que você quer que sejam feitas e vou abençoá-lo”.

- Deus não disse: “Jacó, trabalhe duro e use toda sua força de vontade para se tornar perfeito”.

- Isso não funciona. Força de vontade simplesmente não produz mudança permanente em nossa vida.

- Isto é atacar as circunstâncias exteriores. É a mo­tivação interior que traz a mudança permanente, e é aí onde Deus trabalha.

- Quando Jacó começou a cooperar, Deus começou a trabalhar.

- A primeira coisa que Deus fez foi dar-lhe um novo nome, uma nova identidade.

- Deus disse: “Seu nome não será mais Jacó, mas sim Israel” (v. 28).

- Depois de termos um encontro pessoal com Deus, não podemos mais ser os mesmos.

- Deus transformou Jacó de “enganador” e “trapaceiro” para “Israel”, um “príncipe de Deus”.

- Deus conhecia o potencial de Jacó; ele viu além de seu exterior, de suas tentativas de ser valente e esperto.

- Deus viu to­das as fraquezas de Jacó, mas também viu além da superfície: “Esse não é realmente você, Jacó.

- Na verdade, você é Israel. Você é um príncipe”. Deus viu o príncipe em Jacó e o ex-enganador passou a ser o homem cujo nome foi dado a uma nação inteira.

Deixe que Deus faça

- Deus sempre sabe como trazer à tona o melhor em nossa vida. Ele sabe como fazer isso melhor do que você mesmo. Se você permitir, Deus usará o que for necessário para alcançar seu objetivo, pois não quer que você desperdice sua vida.

- Você quer que Deus abençoe sua vida? Pegue a situação que o está tornando infeliz e entregue-a a Deus.

- Diga: “Deus, eu entrego esta situação em tuas mãos. Eu vou me apegar a ti até que tu transformes este problema em algo positivo”.

- Depois, con­fesse os erros que precisa confessar e coopere com Deus.

- Atente para um ponto importante na vida de Jacó: “Ao nascer do sol atravessou Peniel, mancando por causa da coxa” (v. 31).

- Enquanto lutavam, o anjo deslocou a coxa de Jacó e, por causa disso, Jacó mancou pelo resto de sua vida.

- Há algo importante por trás disso, pois o músculo da coxa é um dos mais fortes do corpo.

- Quando foi preciso chamar a atenção de Jacó, Deus tocou no ponto de sua força.

- Quando começamos a pensar “Nisso eu sou realmente bom, é nisso que eu sou forte”, pode ser que Deus tenha de tocar exatamente aí para chamar a nossa atenção.

- Deus tocou a coxa de Jacó e isso serviu para lembrar Jacó, pelo resto de sua vida, de que ele não mais deveria confiar em seu próprio poder, mas no poder de Deus.

- Ele não mais deveria viver firmado em sua própria força, mas na força de Deus e, assim, ele se tornou uma pessoa muito mais forte.

Não fuja, permaneça

- Há outro ponto que devemos salientar nesse incidente da vida de Jacó.

- Ele geralmente se metia em dificuldades porque era en­ganador e, com frequência, colhia o que plantara.

- Mas sempre que arranjava problemas, ele fugia. Abandonava tudo.

- Então, Deus disse: “Eu sei como tratar essa tentação — daqui por dian­te ele vai mancar”.

- Nunca mais Jacó pôde fugir de uma dificul­dade. Pelo resto da vida ele teria de permanecer e enfrentar seus problemas, não em sua própria força, mas na força de Deus.

- Muitas vezes Deus coloca uma fraqueza aparente nas pessoas a quem aben­çoa. Geralmente essa fraqueza é algum tipo de problema físico. Paulo, por exemplo, tinha seu espinho na carne.

- E quanto a você? Você gostaria de ser transformado de modo permanente?

- O que você mais gostaria de mudar em sua vida? Talvez seja um hábito. Talvez uma fraqueza. Talvez uma falha de caráter. Talvez seja alguma coisa que tenha criado um número impensável de problemas e, agora, a situação já está fora de seu controle. Talvez você esteja passando por uma situação que não muda nunca; isso o está incomodando e o impede de desenvolver o potencial que Deus quer que desenvolva.

- Você quer que Deus transforme isso? Ele vai fazê-lo, mas do jeito dele.

- Ele se utilizará do processo da crise, compromisso, con­fissão e cooperação.

- Quando ele fizer a mudança, será uma mu­dança permanente. Você não precisará se preocupar com força de vontade e em resistir, porque estará cooperando com Deus, descansando e confiando nele.

- Talvez você tenha limitado Deus dando desculpas, culpando outras pessoas ou racionalizando.

- É difícil tirar a máscara e dizer “Deus, eu tenho uma fraqueza. Admito que tenho um proble­ma”. Mas, se você não fizer isso, as coisas não vão mudar.

- A boa notícia é esta: por trás de todas as coisas das quais você não gosta, Deus vê um Israel.

- Deus vê um príncipe ou uma prin­cesa em você. Ele vê o que você pode ser. Ele vê seu potencial e quer transformá-lo de Jacó em Israel. Deixe Deus transformá-lo!